Evite a propagação da gripe H1N1 no seu condomínio. Veja dicas!

A gripe é uma doença sazonal, que geralmente ocorre no mês de junho com a chegada do inverno. No entanto, a transmissão também pode ocorrer de forma acentuada no verão, caso da gripe causada pelo vírus Influenza (H1N1), que em alguns estados como São Paulo e Santa Catarina, tem registrado um aumento em relação aos casos registrados no último ano.

O contágio ocorre por meio de espirros, tosse e contato direto com pessoas ou locais e objetos contaminados, como em um aperto de mão ou utilização de talheres, por exemplo. Por este motivo, é importante estar sempre atento.

Nos condomínios, como há uma maior aglomeração de pessoas, o contágio pode ser mais fácil. Se você tiver algum tipo de gripe, proteja a boca ao tossir e tenha sempre um álcool gel para higienizar as mãos. Ambientes fechados, sem ventilação e com muitas pessoas também devem ser evitados.

Se o síndico preferir, pode disponibilizar um álcool gel na portaria para que os moradores limpem as mãos antes de tomar o elevador ou pegar no corrimão da escada, por exemplo.

Os sintomas da doença são idênticos ao de uma gripe comum, e mais graves que os sintomas de um resfriado. Se sentir dores musculares, calafrios, febre alta, dificuldade para respirar, náuseas, diarréia e cansaço, procure um médico.