Medidas de segurança no uso do elevador

 

Imagine como seria a vida dos condomínios e usuários em geral sem esse fundamental meio de locomoção, o elevador.

Sendo assim, algumas medidas se tornam indispensáveis para utilização com segurança dos elevadores, vejamos:

• Não permita guardar objetos na casa de máquinas. Além de proibido por lei poderá trazer inconvenientes para os técnicos de manutenção e também oferecer risco de incêndio.

• Orientar o pessoal da faxina que, quando estiverem fazendo a limpeza, não varrer a poeira para baixo da porta dos elevadores e não deixar cair água no poço ou através das soleiras o que irá resultar em curto-circuito onerando o condomínio e causando transtorno aos usuários. Caso isso ocorra, desligar i­me­diatamente o elevador  e  comunicar a empresa res­ponsável pela ma­­nutenção.

• Antes de entrar verifique se a cabine está no andar. Nunca se a­fobe! Quando a porta do elevador abrir, preste atenção! Algumas falhas nos sistemas mecânicos permitem, às vezes, que a porta abra sem a presença do elevador, o que poderá provocar acidentes fatais.

• Se o elevador parar entre andares, os ocupantes devem manter a calma, pois o perigo é iminente; acionar o botão de alarme e/ ou utilizar o interfone para pedir ajuda.

• Em caso de incêndio, não utilize os elevadores. O abandono do edifício deve ser feito pelas escadas, obedecendo ao plano de evacuação da área.

• Orientar sempre aos usuários do perigo em deixar crianças transitarem livremente pelos elevadores sem acompanhamento de um responsável.

O elevador é um veículo de transporte extremamen­te seguro se for usado de forma correta. A sua utilidade é essencial em prédios residenciais e comer­ciais e, seguindo as recomendações da manutenção preventiva, a “dor de cabeça” com uma eventual quebra ficaria bastante reduzida.

 

Fonte: Cadê o Síndico